Portugal Portugal  |  
Português
Loading...

Corte tradicional usando nova técnica

 

A eficiência e a confiabilidade operacional da multiserra vertical Logosol Laks fazem-na pertencer a uma classe única. Desde há 20 anos que a multiserra vertical tem melhorado cada vez mais, não tendo sido necessário adicionar mais tecnologia e mais funções inteligentes, mas introduzindo pequenos ajustes de ângulo na estrutura, no volante e na alimentação mecânica. Isso, particularmente, fez com que a máquina se tornasse mais genuína.


O coração da multiserra vertical é a estrutura com até 20 lâminas de corte que são puxadas para cima e para baixo com um volante equilibrado como contrapeso. A estrutura, o volante e o trabalho de alimentação mecânica em perfeita harmonia, e isso pode ser observado quando ela está a cortar. O nível de ruído é baixo e parece o de uma locomotiva a vapor.

Blocos de madeira são a matéria-prima

Muitas serrações de pequeno porte que hoje usam uma esquadrejadeira, uma serra de fita ou uma serra Logosol podem obter capacidade industrial com a ajuda da multiserra vertical Logosol Laks. Os toros podem ser cortados em dois lados antes de serem introduzidos na multiserra vertical Logosol-Laks de modo a que as bordas da madeira sejam trabalhadas antes de cortá-la em tábuas. Isso oferece um processo controlado e manuseamento mínimo da madeira. Sem esforço, os blocos de madeira tornam-se produtos serrados.

Conforto no local de trabalho

O ambiente em torno da serra é agradável. É limpo e organizado. Toda a serradura pequena que vem das finas lâminas é transportada para fora por um extractor de serradura relativamente pequeno. 

A multiserra vertical quase nunca provoca congestionamento

A multiserra vertical Logosol-Laks trabalha incessantemente, sem interrupção ou problemas, hora após hora. Para a manter a trabalhar, as tábuas cortadas devem ser retiradas, e um novo bloco de madeira pode ser cortado em poucos minutos apenas. Na prática, apesar da baixa taxa de alimentação, a multiserra vertical Logosol-Laks, em quase todos os casos, é a mais rápida no local de trabalho.

As lâminas são substituídas rapidamente

Após 8 a 10 horas de operação, ou após 100 toros, aproximadamente, as lâminas de corte dentadas de carboneto de tungsténio devem ser removidas da estrutura e afiadas com a máquina de afiação que sempre acompanha a multiserra vertical Logosol Laks. As lâminas são montadas em posições fixas num suporte em forma de pente. Este é um excelente sistema, que faz da substituição das lâminas uma operação rápida e garante que as lâminas estejam sempre na posição correcta. Todo o procedimento leva menos de 20 minutos.

Ecológica e económica no mundo inteiro

Todas as Logosol-Laks são equipadas com um motor eléctrico trifásico de 11 kW (15 hp). Se não tiver acesso à electricidade, todos os modelos podem ser accionados por um motor a gasolina de 17 kW (23 hp), ecológico. Talvez aqui tenhamos a mais alta capacidade por massa de energia utilizada do mundo; em torno de 500 metros/litro (6300 pés lineares/galão) de combustível ou, com electricidade, 100 metros/kWh (328 pés lineares/kWh). É óbvio que isto é ecológico. Além disso, não requer nenhuma instalação extraordinária nem fusíveis. Para algumas pessoas é só uma questão de economizar dinheiro, mas em muitos lugares do mundo é um pré-requisito.

Invista numa multiserra vertical lucrativa

Em geral, é um bom investimento a curto e a longo prazo. A multiserra vertical Logosol-Laks tem uma instalação económica e alta produtividade desde o primeiro momento. Devido à construção robusta e ao funcionamento suave, não oferece muitas surpresas. A multiserra vertical Logosol-Laks funcionará de maneira confiável e conservará o seu valor durante décadas. Sente-se sempre a segurança com uma técnica bem testada.

 


 

Dados técnicos

Modelo

Precisão dimensional:

Taxa de alimentação:

Número máx. de lâminas:

Distância mín. entre as lâminas de corte:

Produção máx./hora:

Movimentos da estrutura:

Peso:

Tempo útil antes da afiação:

Comprimento da máquina:

Largura da máquina:

Altura da máquina:

Motor eléctrico:

Ligação de alimentação:

Máquina de afiação de lâminas:

500

+/- 0,5 mm (1/32")

0,5/0,6/0,7 m/min. (1,6/2,0/2,3 pés/min.)

20

16 mm (11/16")

3,4 m3 (120 pés cúbicos) *

260 mm (10 1/4")

1100 kg (2425 lb)

8 a 10 horas

9,0 m (29,5 pés)

1,2 m (3,9 pés)

2,2 m (7,2 pés)

11,0 kW (15 hp)

25 A

Incluída

 

*) Exemplo de capacidade: se a multiserra vertical estiver equipada com 12 lâminas de corte e o utilizador vai produzir tábuas de 25 mm (1") de espessura a partir de blocos de madeira de 300 mm (12") de largura, é possível colocar dois blocos de madeira, dos quais um é de 100 mm (4") e o outro de 50 mm (2") de largura, um sobre o outro. Dessa forma, o utilizador terá a possibilidade de cortar quase 1000 metros/hora (3300 pés lineares) por hora.

No.Art.
Descrição
Preço (IVA excl.)
6100-000-0500
Logosol-Laks Frame Saw 500 with 11 kW Electric Motor
24.900,00 €
22.410,00 €
6100-000-0505
Logosol-Laks 500, 15kW electric engine
25.900,00 €
6100-000-0503
Logosol-Laks Frame Saw 500 with 23 HP Gas Motor
25.900,00 €
Frete não incluso. Preços sem IVA. Mostrar preços IVA incl.

LOGOSOL AB | Fiskaregatan 2 | SE-87133 HÄRNÖSAND | Suécia | Telefone: HQ:+46-611-18283, Timberbee Agent: +351 913 762 626 | Fax: +46-611-18289 |